MENU

LINHA DO TEMPO

Tudo começou em 1996, a partir do encontro de Robert Guimarães, carioca, artista multicultural e Fernando Molinari, paulista recém chegado da Europa, onde morou por quatro anos trabalhando no mercado de exposições de arte, neste mesmo ano nasce a BABILÔNIA FEIRA HYPE.

Por desde do início realizar suas edições em endereços inusitados, a BABILÔNIA FEIRA HYPE tem orgulho de ser pioneira na ocupação com um evento aberto ao público: Pier Mauá, Forte de Copacabana, Marina da Glória, Jockey Club Brasileiro, Jockey Club de São Paulo, que após o enorme sucesso das edições da FEIRA HYPE, todos esses pontos passam a ser consagrados como espaços de eventos de grande porte na cidade.

O tempo passou, a Feira Hype cresceu, apareceu, deu filhotes e, e tornou-se referência de moda, cultura e atuação na revitalização de espaços para uso público no Rio. Aqui você confere, ano a ano, os principais momentos que fazem parte da nossa história babilônica.

1996

BABILÔNIA FEIRA HYPE começa as suas atividades em 29 de novembro na zona sul do Rio, ainda com nome em formação, o evento começa sua trajetória como “Mercado Glória Mundi Babilônia”, no salão da antiga sede do Clube Flamengo, na avenida Rui Barbosa com a bela vista da Baia de Guanabara, o Parque do Flamengo e o monumental Pão de Açúcar.  No início, são 46 expositores, além de um cyber café e a exposição do figurinista Edson Galvão com sua Expo Drag.

No mesmo ano, acontece uma edição especial de Natal na Fundição Progresso, na Lapa, agora com 65 expositores. São três dias de evento, repletos de promoções e atrações especiais. Entre elas, uma exposição do artista plástico Mura Azevedo.

1997

No Pier Mauá (numa versão Babilônia Free Market que aconteceu em um único domingo) o evento ocorreu pela primeira vez utilizando a lona azul e branca para reunir cerca de 80 expositores e a participação ao vivo do artista plástico Léo Piló pintando uma tela de 50 metros quadrado.

Neste mesmo ano o evento chega ao Forte de Copacabana (reunindo 30 mil pessoas em uma edição histórica) e em seguida na Marina da Glória (edição especial com a inauguração de diversos estandes e atrações, dando início ao formato que a consagraria); ainda em 1997 chega ao Jockey Club Brasileiro, quebrando as barreiras  aristocratas do tradicional clube e oferecendo ao grande público a oportunidade de contemplar  o visual impactante do Corcovado e da Pedra da Gávea, e ângulo até então somente de alguns privilegiados sócios do clube e pouquíssimos frequentadores. Com a chegada da BFH, o público redescobre as emocionantes e divertidas corridas de cavalos.

      

1998

A BABILÔNIA FEIRA HYPE faz sua primeira edição fora do Rio de Janeiro, na cidade de Niterói, na Concha Acústica e em seguida chega a São Paulo em uma versão indoor, a BABILÔNIA FEIRA HYPE ocupa a Tribuna 2 Especial do tradicional Jockey Club de São Paulo, promovendo o encontro entre designers e estilistas cariocas e paulistas.

2000

Em 17 de janeiro de 2000, após manifestações de apoio popular, a BABILÔNIA FEIRA HYPE recebe aprovação oficial com 96 mil assinaturas e pela sua trajetória de sucesso conquista regulamentação através da Lei Municipal 3.005, que a considera como evento de interesse cultural, turístico e social para o Município do Rio de Janeiro de autoria dos vereadores Rosa Fernandes, Otávio Leite e Leila do Flamengo, sendo aprovada por unanimidade pelos vereadores.

      

2001

Atendendo a pedidos, a BABILÔNIA FEIRA HYPE chega à Barra da Tijuca. Em novo formato (indoor) as edições mensais na zona oeste do Rio acontecem inicialmente no ATL Hall (atual Citibank Hall). Lá é lançado o projeto Hype Pocket Show, com apresentações de artistas como Eduardo Dusek, Banda Penélope, Irmãos Brothers, Zé Ricardo, Edson Cordeiro e As Frenéticas no palco da casa de espetáculos. Depois passa por vários points na Barra, com destaque para as edições também com lonas no Casa Shopping.

2002

BABILÔNIA FEIRA HYPE é matéria de capa da VEJA RIO sendo apontada como case de grande negócio.

Em novembro deste ano, a BABILÔNIA comemora seus 5 anos com a Festa Hype, que acontece em grande estilo e atrai nada menos que 6,5 mil pessoas, entre 1,5 mil convidados VIPs e mais de cinco mil pagantes à Tribuna C do Jockey Club, sob as tradicionais lonas da FEIRA HYPE, com apresentações de DJ internacionais.

   

2003

Em parceria com a Grendene, a HYPE ART PRODUÇÕES (juntamente com a DHP PRODUÇÕES) organiza a badalada Festa de Lançamento Oficial da Melissa Love, na qual reúne cinco mil pessoas, entre artistas e personalidades, em vários ambientes do Jockey, com performances de DJs e decoração de Zeca Sá Ferreira e EXPO ART URBANA com a participação dos artistas Antônio Bockel e Smael (autor da obra Fusca).

   

2004

É lançado o PRÊMIO RIO MODA HYPE, um evento em formato de concurso, dedicado a lançar novos estilistas da moda nacional. O objetivo é descobrir e estimular novos talentos, proporcionando a sua entrada no mercado por meio da premiação. Trata-se do único projeto com seleção democrática e inclusiva: as inscrições são feitas pela Internet, com abrangência nacional, sendo realizado numa semana de moda oficial – o Fashion Rio.

A BABILÔNIA FEIRA HYPE é indicada à premiação promovida pelo Instituto Empreender Endeavor, chegando à semifinal e concorrendo com cinquenta finalistas.

A BFH como case de sucesso participa do Encontro de Gestão de Shopping Centers da Fundação Getulio Vargas;

Ainda neste ano, a BABILÔNIA FEIRA HYPE e o RIO MODA HYPE são escolhidos como cases de sucesso no Tech Moda – Fórum Internacional de Tecnologia em Moda. Robert Guimarães, diretor da HYPE ART PRODUÇÕES, é palestrante e mediador deste encontro entre empresários do setor da moda.



2005

Os eventos BABILÔNIA FEIRA HYPE e RIO MODA HYPE são indicados ao Prêmio Faz Diferença, promovido pelo jornal O Globo e a Fecomércio, na categoria Melhor Case de Moda, concorrendo com duas grandes empresas: H STERN e HAVAIANAS.

2006

Os 10 anos da BABILÔNIA FEIRA HYPE são comemorados em grande estilo na primeira edição da Hype Party, promovida pela HYPE ART PRODUÇÕES, em parceria com a DHP PRODUÇÕES e a EMOCIONA ENTRETENIMENTOS. O megaevento faz história na cidade, ocupando 8 mil m² do Jockey Club, com cenários surpreendentes e a participação de 10 DJs nacionais, além de duas estrelas da música eletrônica londrina, em três pistas, reunindo mais de 10 mil pessoas entre celebridades e formadores de opinião da cidade.

O aniversário rende ainda outro presente: a publicação do livro Babilônia Hype, de Iesa Rodrigues, Robert Guimarães e Fernando Molinari editado pela Senac Rio, repletos de fotos e histórias que fizeram parte dos 10 anos de sucesso do evento.

A BABILÔNIA FEIRA HYPE e o PRÊMIO RIO MODA HYPE são escolhidos como modelos de bons negócios no II Congresso de Engenharia do Entretenimento, realizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). E o PRÊMIO RIO MODA HYPE recebe indicação ao Prêmio Tudo de Bom, promovido pelo jornal O Dia, na categoria Moda.

   

2007

É fundado o INBRACULTMODE – Instituto Brasileiro de Cultura Moda e Design, pelos empresários Robert Guimarães e Fernando Molinari, oficializando a prática de responsabilidade social ligada à BABILÔNIA FEIRA HYPE e ao PRÊMIO RIO MODA HYPE.

Neste ano, a BABILÔNIA FEIRA HYPE recebe a Medalha de Honra ao Mérito Pedro Ernesto da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. A honraria é atribuída pela importância do evento na programação cultural e turística da cidade, e pelos resultados alcançados na gestão de fomento aos novos talentos e empreendedores.

*A BFH interrompe suas edições para ser reformulada.

   

2008

Em janeiro, o INBRACULTMODE lança a sua revista eletrônica RODA DA MODA, que reúne mais de 300 minidocumentários sobre Moda, Arte, Design, Tecnologia e Cultura. O Objetivo é gerar um banco de dados ilustrado com textos, fotos e vídeos, tornando-se material de referência para pesquisa e registro da Economia Criativa no Brasil e no mundo.

A RODA DA MODA organiza e promove com o Senai Cetiqt um Curso de Gestão de Negócios online, exclusivo para ONGs na área de moda e com produto para venda – iniciativa inédita no Brasil. São criadas duas turmas: uma com 40 vagas, somente para ONGs do Rio de Janeiro; e outra com 40 vagas, para ONGs do Rio e da região Nordeste.

2009

Fernando Molinari e Robert Guimarães, diretores do INBRACULTMODE, são convidados pelo Ministério da Cultura para participarem do Grupo de Trabalho de Moda, junto ao MinC. O RODA DA MODA repete a experiência do inovador Curso de Gestão de Negócios online do ano anterior, desta vez voltado para jovens estilistas. Entre eles, alguns vencedores de edições do PRÊMIO RIO MODA HYPE, como R. Groove(RJ), Julia Valle (MG) e Fernanda Yamamoto (SP), entre outros.

   

2010

Dando continuidade às edições do PRÊMIO RIO MODA HYPE, lançando novos talentos de diversas regiões do Brasil através da passarela, o INBRACULTMODE participa da II Conferência Nacional de Cultura/ Setorial Moda, e também do I Seminário de Cultura de Moda – no qual Robert Guimarães é eleito “Representante Sudeste” do Colegiado de Moda do Conselho Nacional de Políticas Culturais.



   

2011

O evento que marcou o estilo de toda uma geração está de volta , e ainda mais hype!

ARTE URBANA + CIRCO + GASTRONOMIA + MÚSICA + MODA + DESIGN + DIVERSÃO

O FESTIVAL BABILÔNIA FEIRA HYPE 2011, evento de artes integradas com a participação de 30 artistas urbanos e contemporâneos, reunidos no Jockey Club no Coletivo Rua Hype com exposição de diversos trabalhos, trazendo o universo Street Art para o DNA da BFH.

O Festival BFH 2011 teve patrocínio da OI e do GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO / SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA, através da LEI DE INCENTIVO.

   

2012

O PRÊMIO RIO MODA HYPE foi o grande assunto do Fashion Rio. Além dos dois dias de desfiles, os talentos do PRMH foram o tema do lounge do SEBRAE (patrocinador do evento) na semana de moda carioca, com a Expo RIO MODA HYPE, com curadoria de Fernando Molinari e Robert Guimarães, e pesquisa de Michelle Kauffmann Benarush e Sabrina Jotta, e reuniu criações que fizeram uma retrospectiva do evento. A homenagem veio num momento bem bacana do PRMH que, nesta 15ª edição, ultrapassou a marca de 100 talentos apresentados nas passarelas!

A BFH realizou 5 edições no JOCKEY CLUB tendo atrações especiais, como: COLETIVO TOCAYO com EXPO ARTE URBANA + SHOW DE LURDEZ DA LUZ + EXPO CHAPELEIRO DE DENIS LINHARES. Em outra edição foi a vez de trazer ao Rio a OFICINA DE AGOSTO (comemorando 20 anos promovendo artesanato mineiro), PISTA DE SKATE, CUSTOMIZAÇÃO DE GRAFITTE, SHOW DO TRIO PÉ DE SERRA, FESTA BOHO.

   

2013

A parceria com o Sebrae-RJ gera um novo formato para o evento, agora como um Salão de Negócios de Novos Empreendedores Criativos em 06 edições realizadas no Clube Monte Líbano, com a participação de 130 expositores de Moda, Arte, Design, Gastronomia e Atrações Musicais.

O ano encerra com uma edição especial na MARINA DA GLÓRIA com a participação de 180 expositores + Área de Piquinique + apresentação do primeiro FOOD TRUCK do RIO o CAFÉ LA FURGONETA. 

      

2014

Para comemorar os 18 anos da BABILÔNIA FEIRA HYPE foi realizada uma edição especial também na MARINA DA GLÓRIA 200 expositores + Área de Piquinique + FOOD TRUCKS + SHOW DE DAVI MORAES e para encerrar um enorme BOLO.

2015

A BFH volta a realizar edições na BARRA, inaugurando o SHOPPING LINK MALL e re-organiza seu espaço gastronômico (que sempre fez parte do evento) lançando o RIO FOOD PARQUE, feira gastronômica itinerante que reúne Food TrucksGastrobikes e Gourmets, em área confortável para degustação, explorando os mais lindos endereços da cidade. E no espirito de caravana a trupe Hype volta a atravessar a Baia de Guanabara e realiza edições em NITERÓI no CLUBE NAVAL.

Seguindo a tendência da MODA CONSCIENTE foi lançado o HYPE FREE MARKET, que ocorreu em 02 edições no SHOPPING CITTÀ AMÉRICA na BARRA reunindo 80 BRECHÓS +  ESTANDES DE NOVOS ESTILISTAS e o ESTANDES DO BRECHÓ PARTICULAR,  onde as pessoas podiam vender suas roupas e acessórios (em bom estado) que não usavam mais e com a verba das vendas renovarem seus guarda-roupas comprando peças novas dos estandes dos estilistas.  Para dar continuidade a este segmento as edições mensais da BFH no CLUBE MONTE LÍBANO recebe os projetos PRA CIMA de Paula Acioli e EFEITO BORBOLETA, que além de comercializar peças seminovas realiza consultoria de estilo para o público. 

      

Rio Eventos
Downtown
Farm
Rádio Mix
Rádio SulAmérica Paradiso
Inbracultmode
Hype Art